Estudo sobre a nova tecnologia de ultrassons pulsados não-invasivos

26 Maio, 2022
Compartir Compartir en facebook Compartir en twitter

A procura de tecnologias para a redução da gordura localizada indesejada e da remodelação corporal é cada vez maior, com uma preferência predominante por procedimentos não-invasivos e indolores.

Neste artigo são apresentados os resultados de um estudo realizado para testar a eficácia de um novo dispositivo de remodelação corporal que utiliza uma nova tecnologia de ultrassons pulsados não focalizado e assistido por vácuo.

Este estudo avalia a segurança clínica e a eficácia da tecnologia de ondas acústicas assistidas por vácuo para a redução da circunferência da região abdominal.

Como foi realizado o estudo?

Dezoito mulheres saudáveis com um índice de massa corporal inferior a 25 foram submetidas a quatro tratamentos de redução de gordura na região abdominal durante 20 minutos, com intervalos de uma semana entre tratamentos.

A eficácia foi avaliada medindo a alteração da circunferência abdominal até 12 semanas após o tratamento em relação ao valor inicial e por comparação de fotos antes e depois por dois avaliadores.

Os sujeitos classificaram a sua satisfação com o procedimento e os resultados do tratamento. A segurança foi avaliada através da análise dos efeitos adversos, reações cutâneas locais e avaliações da dor.

  • Uma semana após a última sessão, a redução média da circunferência abdominal foi de 5,4 ± 2,6 cm.
  • Um mês após a última sessão, a redução cumulativa da circunferência foi de 5,8 ± 3,2 cm.
  • As medições efetuadas 3 meses após o último tratamento registaram uma redução média da circunferência abdominal de 5,2 ± 3,1 cm em relação às medições iniciais.

Opinião dos pacientes

Todos os pacientes afirmaram que o procedimento foi indolor e não relataram efeitos adversos induzidos pelo tratamento. A maioria dos pacientes indicou que tinha observado uma mudança positiva no contorno do corpo, e todos os sujeitos referiram que recomendariam vivamente o tratamento a outros.

Os avaliadores classificaram seis casos como extremamente melhorados e sete casos como um pouco melhorados. Não foram registadas flutuações drásticas de peso.

Conclusão

Este estudo demonstra que um tratamento de quatro sessões, com um intervalo entre sessões de uma semana, realizado com um aplicador da nova tecnologia de ultrassons de ondas acústicas da Alma, proporciona uma redução significativa da circunferência abdominal, com duração até pelo menos 3 meses, sem dor ou efeitos secundários reportados.

Consulte o artigo original de Ines Verner publicado a 15 de agosto de 2021: A novel nonfocused pulsed ultrasound technology for noninvasive circumference reduction.

Aprenda mais sobre a Alma Primex!

alma-primex

Se necessitar de informações adicionais sobre Alma Primex, não hesite em contactar-nos e preencha o formulário abaixo. Não se esqueça de nos seguir no Instagram ou Facebook para mais informações!